Escolas


Escolas
Aguarde, muitas novidades. Em construção


"Tenha em mente que tudo que você aprende na escola é trabalho de muitas gerações. Receba essa herança, honre-a, acrescente a ela e, um dia, fielmente, deposite-a nas mãos de seus filhos".Albert Einstein
Nossas escolas:
1914: 1º ESCOLA ESTADUAL DE CHAVANTES: criada com uma sala na pequena casa em frente à Praça dos Expedicionários, esquina da Rua Major Dias Grillo com Rua Cel. Júlio Silva. Implantada graças aos esforços do Cel. Azarias Bueno.
28/1/1945: GRUPO ESCOLAR DE CHAVANTES. (hoje EE CEL. MANOEL FERREIRA
21/1/1954: GINÁSIO ESTADUAL DE CHAVANTES. Criado através da Lei Estadual nº 2.661.
08/3/1962: GINÁSIO ESTADUAL DE CHAVANTES. Aula inaugural.
06/9/1962: GINÁSIO ESTADUAL “DR. ERNESTO FONSECA”. A Lei Estadual nº 6.955/62 cria o segundo ciclo de ensino.
Março 1968: ESCOLA PRÉ-PRIMÁRIA MUNICIPAL DE CHAVANTES.  Iniciada no prédio do Grupo Escolar de Chavantes (Hoje EE Olegário Bueno).
20/3/1969: GINÁSIO ESTADUAL “DR. ERNESTO FONSECA”. instalado o 2º Ciclo de Ensino muda o nome para “CENE – Colégio Estadual e Escolar Normal  Dr. Ernesto Fonseca”.
1/9/1972: CENE DR. ERNESTO FONSECA. Inaugurado o atual prédio.
Janeiro 1976: GRUPO ESCOLAR DE CHAVANTES. Muda para EEPG. “Cel. Manoel Ferreira”
1976 janeiro: GRUPO ESCOLAR “DR. JOÃO BAPTISTA DE MELLO PEIXOTO JÚNIOR. Muda para EEPG. “Dr. João Baptista de Mello Peixoto Júnior”.
25/10/1980: EEPSG. “DR. ERNESTO FONSECA”. Inaugurado o São Nobre, hoje Salão Nobre “Prof. PEDRO QUEIROZ .
30/1/1981: EEPG. OLÉGARIO BUENO. Criado.
1986: CENE DR. ERNESTO FONSECA. Reforma do 1º prédio do EE Dr Ernesto Fonseca para instalar a EMEI – Escola Municipal de Educação Infantil em Chavantes.
1986: EMEI – ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL NÚCLEO CHAVANTES-NOVO. Construção do prédio no Chavantes Novo.
Dados fornecidos por Mª Helena Cadamuro através do Museu Municipal.

                                 Fotos 1 e 2 de Pedro Yamassaki. propriedade do Museu Municipal



"Aquele que critica tem a obrigação de fazer melhor".
AL

                                 Foto do Neice Paludeto - Propriedade do Museu Histórico

                                 Foto de Carlos Cesar Antunes


DECRETO N. 27.626, DE 1.º DE MARÇO DE 1951 
Dispõe sôbre admissão de extranumerário-mensalista.
JANIO OUADROS, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO usando de suas atribuições,
Decreta:
Artigo 1.º - Fica admitido como exceção ao disposto no Decreto n. 25.743-56 cujos efeitos foram prorrogados pelos decretos ns. 26.587-56 e 27 254-57 e artigo 9 do Decreto n 27.301 de 22-1-1957, combinado com o artigo 5 c. item IV das Disposições Transições do referido Decreto o sr. Jacob Goldstein para exercer como extranumerário mensalista, referência 33, funções de Dentista no Serviço do Dentário Escolar do Departamento de Educação com exercício no Grupo Escolar "Cel. Manoel Ferreira", de Chavantes, em claro decorrente da dispensa do sr Padre Rodrigues de Aguiar, por ato de 24, publicado a 26-6-1955
Artigo 2.º   - Êste decreto entrará em vigor, na data de sua publicação.
Palácio do Govêrno do Estado de São Paulo, em l.e de março de 195:
JÂNIO QUADROS
Vicente de Paula Lima
Publicado na Diretoria Geral da Secretaria de Esta do dos Negócios do Govêrno, em 1 o de março de 1957
Carlos de Albuquerque Seiffarth - Diretor Geral

EM CONSTRUÇÃO

2 comentários:

Lilia disse...

Andre ricardo da silva
Mensagem boa tarde Sra. Lilia , eu estudei minha vida toda no Ernesto Fonseca , e no ano de 1989 e 1990 eu fui presidente do gremio estudantil da escola....por acaso a senhora nao tem algum registro dessa data...muito obrigado

Lilia disse...

Andre, no face tenho várias fotos do período em que vc estudou no Ernesto. Postarei muitas aqui.
Obrigada pela visita.